Pobres & Nojentas chega ao número 8

Uma publicação da Companhia dos Loucos, editora alternativa de libertação da palavra

Para os mais chegados em fofocas e superficialidades do mundo alienígena das classes ricas, boatos de o que fazem e deixam de fazer os famosos, esta revista não servirá para seus anseios
Longe disso, aliás com certo “desgosto” e “nojo”, a revista Pobres & Nojentas acaba de completar um ano com sua sétima edição e já parte para a sua oitava, com muito orgulho. Como “nojenta” a própria revista entende “a pessoa que questiona valores e cria o novo”, perseguindo a vida boa e bela para todos. Nesse barco que mescla cultura, artes, história, política, sociedade organizada e literatura, o segmento proposto anela justamente aqueles que estão cansados (qualquer semelhança com um tal movimento do mesmo nome é pura ficção) de tanto buscar e garimpar em bancas de jornais e revistas alguma coisa que preste, ou que atenda às suas realidades. Textos de fácil entendimento e pincelado de um jornalismo literário de dar inveja a outros da área.
Por este motivo, nas bancas da UFSC e nas mãos das editoras para a venda de mão-em-mão, a edição número 7 e 8 da revista já estão disponíveis. Sempre com o propósito de trazer para a luz a história das pessoas que não são ricas nem famosas, mas que fazem a história andar. Nesta última edição apresenta uma grande reportagem sobre a questão da luta pela mobilidade urbana digna. Além disso, conta a história de Khader Ottman, um palestino que enfrenta dia-a-dia o desafio de defender sua terra-mãe, fala do movimento dos estudantes da Economia da UFSC, discute a Parada Gay e mostra o perfil de Nildo Ouriques, pré-candidato na eleição para reitor da universidade federal, e muito mais. Vale a pena conferir.
Quem já é assinante, é só esperar que a “nojentinha” já vai chegar à sua casa. E quem ainda não assinou, mas quer apoiar este projeto, é só entrar em contato com a editoria. A P&N é uma publicação da Companhia dos Loucos, editora alternativa de libertação da palavra.
Mais informações no blog da revista: http://www.blogspot.pobresenojentas.com.br/ ou pelo email eteia@gmx.net.
artigo publicado no www.sarcastico.com.br
Anúncios

Sobre pmizraji

Caput necandus est. Cadaver acqua forti dissolvendum nec alicquid retinendum. Tace ut potes.

Publicado em maio 1, 2009, em Cultura. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: