Lançado vídeo sobre privatização da Vale

Plebiscito Popular acontece de 1º a 7 setembro

Os movimentos sociais e entidades que participam da Campanha “A Vale é Nossa” lançaram neste final de julho o vídeo sobre o Plebiscito pela Anulação da Privatização da Vale do Rio Doce. O plebiscito popular acontece de 1 a 7 de setembro e também abordará os temas da tarifa de energia, da dívida brasileira e da reforma da Previdência.

O vídeo pode ser assistido na internet em http://br.youtube.com/watch?v=LM6oph1muCI

A produção “A Vale é nossa” resgata os problemas ocorridos na privatização, como a sub-avaliação do patrimônio e do preço de venda da Vale. O vídeo lança luz sobre o fato de que até hoje, dez anos após o leilão, a Justiça não se pronunciou sobre esses problemas, de modo que mais de 100 ações questionando o processo aguardam julgamento definitivo.

A produção também revela dados como os valores pelos quais a empresa foi vendida, um preço muito inferior à realidade. Traz ainda entrevistas com juristas, pesquisadores e ativistas, além de anunciar o plebiscito que acontece entre 1 e 7 de setembro.

O vídeo traz entrevistas com os professores Fabio Konder Comparato (USP), Aluizio Leal (UFPA) e Helder Gomes (UFES) e de representantes dos movimentos e entidades, como João Pedro Stédile (MST), Paulo Maldos (Cimi), José Antonio Moroni (Inesc e Abong), Maria Lucia Fatorelli (Unafisco) e Luiz Fernando (Intersindical). Os ex-deputados federais Dra. Clair e Sérgio Miranda, o bispo de Jales (SP), Dom Demétrio, o advogado Eloá Cruz, o jornalista Lúcio Flávio Pinto e o procurador do MPF-PA Ubiratan Cazzeta também integram o grupo de entrevistados. Depoimentos de moradores de Parauapebas (PA), onde se localiza o complexo mineral de Carajás, completam a relação de entrevistas, realizadas em dezcidades.

> Ficha do vídeo “A Vale é Nossa”:
Duração: 21min
Organização: Plebiscito Popular A Vale é Nossa
Apoio: Aepet, Cepepo, Cimi, Comissão Pastoral da Terra Belém/Pará, Intervozes, MST, mandato do deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP), Sindipetro-RJ, SindUTE-Floresta, Sitraemg e Telesur Brasil.
Mais informações sobre a campanha em http://www.avaleenossa.org.br/
Cópias do vídeo podem ser solicitadas pelos fones (11) 3105-9702 / 3112-1524, pelo e-mail avaleenossa@. ou aqui no Sarcástico também está disponível as cópias. As despesas de envio ficam por conta do solicitante.

artigo publicado no www.sarcastico.com.br

Anúncios

Sobre pmizraji

Caput necandus est. Cadaver acqua forti dissolvendum nec alicquid retinendum. Tace ut potes.

Publicado em maio 1, 2009, em Guerrilha Midiática. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: